(os textos assinados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores)

Leia aqui a homenagem da Fundação António Quadros a António Telmo.



segunda-feira, 25 de outubro de 2010

ENIGMAS, 1




(...) O Arcano é um Gesto que produz a ruptura com o fenomenal e a rotação no Real. Este Gesto perfeito emerge num Lugar-estado, aqui e agora, de lucidez total, de intenção pura (do ponto de vista humano, nós diriamos de não-intenção).


Rémi Boyer, "O Louco de Shakti", ed. Hugin, 1998, pág. 15

Sem comentários:

Publicar um comentário