(os textos assinados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores)

Leia aqui a homenagem da Fundação António Quadros a António Telmo.



segunda-feira, 16 de agosto de 2010

OS LUGARES, 6




Aljubarrota
Eduardo Aroso

Uma voz,
Ou o que fosse,
Clamava perto:
- Se ao mar seremos nós,
Ninguém poderá ferir
O Sonho
Ou esta terra dividir!

Sem comentários:

Publicar um comentário