(os textos assinados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores)

Leia aqui a homenagem da Fundação António Quadros a António Telmo.



quinta-feira, 29 de outubro de 2009

O OUTONO, 3



[de Verbo Escuro]

IV. Se a penumbra outonal aviva a nossa tristeza, torna-a distante de nós, como que a recebe, em seu nubloso seio morto…

Emigramos para o reino da Quimera, e sentimos a nossa presença de carne e osso esbater-se, divinamente, em névoa e sonho…

(continua)

Teixeira de Pascoaes

Sem comentários:

Publicar um comentário