(os textos assinados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores)

Leia aqui a homenagem da Fundação António Quadros a António Telmo.



segunda-feira, 8 de março de 2010

AFORISMOS, 23

Eduardo Aroso

99 – A mística não é uma doutrina e menos uma filosofia. Seria melhor compará-la a um ambiente inefável e favorável, a uma atmosfera espiritual ou, pragmaticamente, a uma sala disposta de tal maneira que quando é visitada pelo sol matinal tépido, não se alterando o conteúdo desse espaço, adquire contudo um outro halo anímico e porventura tudo o que está seja visto com outros olhos.
100 – É difícil encontrar uma pátria que tenha sido tão crucificada e por tanto tempo como a nossa. E o que em Portugal tem sido crucificado é aquilo que é verdadeiramente universal em nós, do mesmo modo que os obstáculos à realização do Cristianismo no coração e na mente dos seres humanos. Os empecilhos vão desde os muros de ilusões feitos do arame farpado de ideologias que estão fora do interior do Homem, até à natureza do betão e do aço que se têm erguido como símbolos do eterno.
101 – Definição de povo para este início de século: entidade abstracta cada vez mais incapaz de sedimentar um estrato sobre outro estrato e de ouvir uma voz harmonizando outra voz, mas que se quer concreta nos actos eleitorais e quando à Constituição se faz necessário.

Sem comentários:

Publicar um comentário