(os textos assinados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores)

Leia aqui a homenagem da Fundação António Quadros a António Telmo.



segunda-feira, 3 de maio de 2010

AFORISMOS, 31

Eduardo Aroso

123 – Se ao sistema económico que hoje domina o mundo se confere toda a prioridade, economia essa que vem provocando situações dolorosas na vida das pessoas, é de crer que essa perspectiva economicista seja a deturpação total de uma capacidade divina dada ao Homem, e agora mal cultivada. Surge assim um exercício de poder que, pelo conceito dos arquétipos, nos faz pensar na existência do verdadeiro poder que, inquestionavelmente, só poderá ser conferido pelo Espírito.
124 – Toda a Obra da Criação é um sim. Mas, do ponto de vista da criatura, na via do entendimento surge o não, ponto da jornada a que, em jeito de antítese, leva o acto de pensar. Uma mais ampla consciência de afirmação e de negação estabelece, então, a diferença entre a quase idiotia do não e do sim tão fáceis de proferir no presente modo mecânico de viver.
125 – Já foi dito que a Igreja Templária é a de S. João. Porém, importa referir que o calendário divino é o mesmo da Igreja de Pedro, com a significativa diferença apenas no modo de o realizar.

Sem comentários:

Publicar um comentário