(os textos assinados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores)

Leia aqui a homenagem da Fundação António Quadros a António Telmo.



quarta-feira, 22 de setembro de 2010

EXTRAVAGÂNCIAS, 99




Portugal
ou doce cantiga da noite dos tempos
Teresa David

Antiquíssimo braço
Antiquíssimo abraço
de mar
nascidos da Luz
nascidos da Cruz
Semi-dizer
De Esplendor
em Flor
pedras

voz perdida
voz reencontrada
guia-nos
para e por essa
constelação
de dizer
secretamente
Apenas,
conduz e roda os dedos
para a romã
do Amanhã

Sem comentários:

Publicar um comentário